“Área com mais espécies de anfíbios ameaçados do país está desprotegida”, alerta biólogo

Bokermannohyla vulcaniae, criticamente ameaçada de extinção e endêmica de Poços de Caldas. Foto: Renato Gaiga.
Apesar do nome forte, cujo epíteto faz referência à região vulcânica onde pode ser encontrada, a perereca Bokermannohyla vulcaniae é extremamente frágil. A espécie só existe em remanescentes de Mata Atlântica no Planalto de Poços de Caldas, em Minas Gerais, e está criticamente ameaçada de extinção. Apenas uma Unidade de Conservação municipal protege 253 hectares da área de ocorrência da espécie, enquanto o restante segue desprotegido e vulnerável à destruição. Atualmente, apesar das várias expedições dos especialistas aos locais de ocorrência, poucos exemplares da espécie vem Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!