Brasil é credor e não devedor no Acordo de Paris, diz Salles

Há uma semana no comando do Ministério do Meio Ambiente, o advogado paulista Ricardo de Aquino Salles quer que o Brasil seja compensado por outros países por preservação ambiental.
Em entrevista à Bloomberg News, ele criticou a atuação de ONGs e disse que a redução do desmatamento pode ser um bom negócio.
“Costumo brincar que o Excel é inexorável”, disse, ao complementar que, apesar do “discurso de que a Amazônia pertence ao mundo, ela é do Brasil, e o que não é da União tem dono, tem proprietário”.
Salles defende o pagamento por serviços ambientais, citando a emissão de títulos climáticos e pagamento Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!