China deixa de comprar lixo reciclável dos EUA e americanos ficam sem saber o que fazer com material

Asiáticos aumentam exigência e dizem que resíduos estão contaminados. Lixo acumula nos EUA após China deixar de comprar reciclados
Ivan Couronne/AFP
Há alguns meses, a usina de reciclagem da área metropolitana de Baltimore-Washington, nos Estados Unidos, tem um problema: precisa pagar para se desfazer do papel e do plástico, em vez de vendê-los, porque a China já não os compra mais, com o argumento de que estão “contaminados” demais.
As 900 toneladas de lixo para reciclar descarregadas por caminhões 24 horas por dia, cinco dias por semana, nas esteiras transportadoras da usina de Elkridge, a uma hora da capital americana, certamente não Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!