Diversidade de árvores em áreas úmidas da Amazônia é três vezes maior do que o esperado

Compilação de dados de inventários florestais e coleções biológicas gerou lista com 3.615 espécies de árvores nas áreas úmidas da bacia amazônica (foto: Thiago Sanna Freire Silva)
Ao longo das planícies dos rios amazônicos existem florestas imensas que passam quase metade do ano alagadas. São vegetações como igapós, pântanos, campinas, mangues e várzeas que margeiam nascentes e depressões de terrenos que constituem as chamadas áreas úmidas amazônicas.
Segundo um novo estudo, esses hábitats reúnem 3.615 espécies de árvores conhecidas, número três vezes maior que o previsto e que configura a maior diversidade em áreas úmidas no mundo.
O estudo, com apoio da FAPESP, Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!