Grupos ambientalistas e do agronegócio criticam fusão de ministérios

São Paulo – A equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou ontem que os ministérios da Agricultura e Meio Ambiente serão fundidos, como parte da promessa de campanha do capitão reformado do Exército de reduzir o número de ministérios, hoje em 29, para mais ou menos 15. O anúncio atraiu críticas fervorosas de entidades de proteção ambiental e também do agronegócio, duas forças que normalmente aparecem em lados opostos.
Para o Observatório do Clima — rede formada por várias organizações da sociedade civil, entre elas Greenpeace, SOS Mata Atlântica , WWF Brasil e Instituto Socioambiental — a fusão das Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!