Humanos passaram hanseníase para tatus. Agora, eles estão devolvendo a doença

A maioria dos tatus-galinha do estado do Pará, no oeste do Brasil, apresentam sinais de exposição à bactéria que causa a hanseníase.
FOTO DE JOEL SARTORE, NATIONAL GEOGRAPHIC PHOTO ARK

No Brasil, não é incomum comer tatu, que dizem ter gosto de frango. Mas uma nova pesquisa adverte contra a prática, que pode provocar hanseníase.
Em um estudo publicado recentemente na revista PLoS Neglected Tropical Diseases, pesquisadores descobriram que 62% dos tatus-galinha amostrados do estado do Pará, no Brasil, apresentaram sinais de exposição à bactéria que causa a hanseníase, também conhecida como lepra ou doença de Hansen.
Além disso, o estudo constatou que as Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!