Monitoramento por satélite identifica desmatamento ilegal de 2,6 mil hectares em áreas cobertas por nuvens em MT

Brasília (11/06/2018) – Metodologia criada pelo Ibama em parceria com a Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (Jaxa) permitiu a detecção de 2,6 mil hectares desmatados ilegalmente no norte de Mato Grosso. A infração foi confirmada durante inspeção realizada por agentes do Ibama e técnicos da Jaxa com drones para validar dados gerados por satélite. Quatro fazendas foram autuadas por destruir floresta nativa da Amazônia, área sujeita a regime especial de proteção. As multas totalizam R$ 13,7 milhões.
Em uma das propriedades, localizada entre Itaúba (MT) e Cláudia (MT), os 785 hectares desmatados estavam localizados em Reserva Legal, definida pela Lei n° Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!