Movimento jihadista da Somália proíbe sacolas plásticas para proteger o meio ambiente

Um grupo de refugiados somalis se reúne atrás da cerca de arame farpado para obter água de um poço. O poço foi perfurado pelo Exército indiano para fornecer água fresca aos refugiados de Baidoa e Somália. Muitas áreas da Somália estão sofrendo de questões ambientais, como a escassez de água. Créditos de imagem: Forças dos EUA.

Al Shabaab, um grupo fundamentalista jihadista ativo na Somália, supostamente proibiu o uso único de sacolas plásticas, por causa da “ameaça às pessoas e ao gado”. O grupo terrorista, que é afiliado à Al-Qaeda, também proibiu a extração de árvores raras.
O anúncio foi feito em Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!