Novo relatório climático do IPCC diz que ‘mudanças sem precedentes’ são necessárias para limitar aquecimento a 1,5ºC

Relatório foi aprovado pela comunidade internacional apesar de forte oposição saudita. Barcos no lago Poopo, na Bolívia, região afetada pelas mudanças climáticas
Reuters/David Mercado
Limitar o aumento médio da temperatura global a 1,5 grau Celsius exige “mudanças sem precedentes” em nível global, alerta o novo relatório apresentado pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) neste domingo (7).
O documento afirma que restringir o “aquecimento global a 1,5 ºC”, uma barreira que se acredita que pode ser superada entre 2030 e 2052, “exigiria mudanças rápidas, abrangentes e sem precedentes em todos os aspectos da sociedade”, do consumo de energia ao Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!