O mundo perdeu mais da metade de seus vertebrados nos últimos 50 anos

O TATU-BOLA (TOLIPEUTES TRICINCTUS) É UMA DAS ESPÉCIES BRASILEIRAS EM PERIGO DE EXTINÇÃO EM FUNÇÃO DA PERDA DE SEU AMBIENTE NATURAL. (FOTO: LIANA MARA MENDES DE SENNA / ICMBIO)
Oequivalente a 40% de todos os peixes, aves, mamíferos, anfíbios e répteis que perambulavam por algum canto do planeta em 1970 está vivo hoje. O dado foi apresentado no Relatório Planeta Vivo 2018, divulgado nesta terça-feira (30).
Publicado a cada dois anos pela organização não-governamental World Wide Fund for Nature (WWF) desde 1998, o documento reúne o trabalho de mais de 50 especialistas acadêmicos e governamentais e de entidades de desenvolvimento internacional e Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!