Oceanos se aquecem mais rápido que o esperado e batem recorde de calor em 2018, dizem cientistas

Novas medições mostraram o aquecimento mais acentuado desde 1971. Emissão de gases do efeito estufa pela ação humana aquecem a atmosfera, e grande parte do calor é absorvida pelos oceanos, o que obriga a vida marinha a fugir para águas mais frias. Aquecimento dos oceanos foi o mais acentuado registrado desde 1971
dimitrisvetsikas1969/Creative Commons
Os oceanos estão se aquecendo mais rápido do que o estimado anteriormente, tendo atingido um novo recorde de temperatura em 2018 e mantendo uma tendência prejudicial à vida marinha, disseram cientistas nesta quinta-feira (10).
Novas medições, feitas com o auxílio de um rede internacional de 3,9 mil Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!