Tribunal revoga medida que proibia glifosato

AFP / Alain BOMMENEL, Kun TIAN
O TRF1 revogou a liminar que a partir desta segunda-feira teria proibido registrar produtos com glifosato, um polêmico herbicida amplamente usado no Brasil.
O juiz Kássio Marques, do TRF1 de Brasília, aceitou o recurso do governo ao considerar que “nada justifica” a aplicação de uma medida “abruta, sem análise prévia dos graves impactos que ocasionaria à economia do país e à produção em geral”.

Um juiz federal em Brasília havia ordenado em 3 de agosto a suspensão, no prazo de 30 dias, “do registro de todos os produtos” contendo glifosato, tirame e abamectina até que a Agência Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!